Uma árvore pela floresta – Edição 2017

As florestas têm um papel fundamental na conservação do solo, na regulação do clima e do ciclo hidrológico, enquanto suporte de biodiversidade, sumidouro de CO2 e na produção de matérias-primas fundamentais à nossa vida quotidiana. Nos últimos anos, grande parte da floresta natural desapareceu ou está muito alterada, sendo já raras algumas das nossas árvores autóctones.

A floresta autóctone portuguesa, por norma, é mais resistente ao fogo do que os povoamentos artificiais de espécies exóticas. As suas características e composição conferem-lhe uma maior dificuldade de ignição, uma maior facilidade de extinção do fogo e, por conseguinte, um menor perigo de incêndio, ou seja, de combustão descontrolada.

Neste sentido, a campanha “Uma Árvore pela Floresta” voltou a unir CTT e QUERCUS numa parceria que tem como objetivo florestar com espécies vegetais autóctones alguns Parques Naturais do nosso país e zonas afetadas pelos recentes incêndios.

Como funcionou?

  1. Até 31 dezembro de 2017, os Kits “Vale uma Árvore” estiveram à venda, por 3€, nas 291 lojas dos CTT listadas aqui ou na loja online.
  2. Os CTT comunicaram à Quercus.
  3. A árvore foi plantada até à Primavera de 2018.
  4. A árvore será cuidada durante 5 anos.
  5. No momento da compra, foi entregue um pequeno kit composto por uma “árvore” em cartão reciclado e um código para ser registado aqui.
  6. Com este registo, os participantes na campanha recebem notícias e podem acompanhar o bosque onde a sua árvore foi plantada.

Ofereça uma árvore!

A “árvore” de cartão poderia ser oferecida como lembrança!

Para oferecer uma árvore, os interessados só tinham de adquirir um kit “Vale uma Árvore” e introduzir aqui os seus dados, os dados da pessoa a quem pretendia oferecer, o código da árvore e ainda uma mensagem.

Fonte: Site oficial “Uma árvore pela Floresta”, CTT.