Dia Mundial da Criança – Pavilhão do Conhecimento

No dia 1 de junho é comemorado o Dia Mundial da Criança, em Portugal.

Este Dia, surgiu no pós-guerra da II Guerra Mundial. A Europa estava destruída e um grupo de países da Organização das Nações Unidas quis defender as crianças dessa destruição com a criação de instituições de proteção das crianças, como a Unicef.

Atualmente esta data é celebrada em vários países para fazer o mundo refletir sobre os direitos das crianças, que continuam a passar fome, mesmo nos países desenvolvidos. Segundo a UNICEF há 30 milhões de crianças em extrema dificuldade, nos países ditos desenvolvidos.

Neste dia as crianças são, sem dúvida, o centro das atenções e, por isso, são organizados diversos eventos/atividades direcionados especialmente para elas.

Este ano, no dia 1 de junho, o Pavilhão do Conhecimento convidou todas as crianças, até aos 10 anos, a fazerem uma visita guiada à exposição “A Arte do Mar, from Skeleton Sea”, da autoria dos artistas plásticos e praticantes de surf, decorreu entre as 10h00 e as 16h00, com entrada gratuita. Após a visita as crianças participaram no workshop “Turn Trash into Art”, dinamizado pela equipa da Skeleton Sea e acompanhado por monitores do Pavilhão do Conhecimento e no final, poderam levar para casa a sua própria escultura construída a partir de lixo recolhido em praias portuguesas.

O objetivo desta iniciativa foi alertar e sensibilizar os mais novos para a problemática do lixo marinho e torná-los, assim, embaixadores da saúde dos oceanos.

Esta preocupação tem sido alvo de várias campanhas de sensibilização, nomeadamente:

Consegue viver 40 dias sem plástico descartável?

Portugal participa na campanha global da UE contra o lixo Marinho.